"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

Quinta-feira, 10 de Janeiro de 2008

O que sinto…



O que sinto pulsar,

ninguém imagina,

um simples luar,

uma dose fina.

 

O que sinto cá por dentro,

um som de mim profundo,

vem de fora até ao centro,

e dou comigo ao fundo.

 

O que sinto não sei e sei,

o que escrevo, escrevo para fora,

fora de mim sem mim dei,

e nada é amanhã nem agora.

 

O que sinto, sinto que não me sentes,

parto da tua mente e em ti algo mente,

para quem escrevo se nada afugentes,

 luz e sons de um louco demente.

 

O que sinto só eu sei mas não sei,

repelo o cinismo com a audácia,

nada digo, escrevo ou alguma vez falei,

que meu ser pertence à perspicácia.

 

O que sinto, porque alma esgrima,

por vezes longe ou distante hora,

vezes sem conta riso ou lágrima,

outras vezes dentro outras fora.

 

O que sinto e sinto muito,

escondo-me ou liberto voo,

perco e acho-me num circuito,

e renasço a cada picado voo.

 

Não lamento o que sinto,

porque o devia sentir,

com meio mundo faminto,

e uma só razão para sorrir.

 

O que sinto, só sinto,

espero e só recinto,

fico e só pressinto,

nada é o que só sinto.
Sinto-me: A Sentir...
Música: Roger Hodgson - Give a Little Bit
Por Pulse às 21:19
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
RSS