"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

Sábado, 21 de Julho de 2007

Procuro teu olhar…


Procuro o teu olhar por entre as estrelas, penetro no mais longínquo universo na busca incansável de teu olhar, onde estás? não sei, não sei tão pouco se existes, só te poderei reconhecer pelo brilho do teu olhar, serão como dois pulsares brilhantes e penetrantes capaz de penetrar na minha alma e reconhecer as frequências escondidas de meu pulsar, serás capaz de me reconhecer? não sei. Meu amor vagueia por entre as luzes mais coloridas do universo em busca das cores mais desconhecidas, meu amor emite uma música que só teu olhar é capaz de levar ao som do teu universo, onde se misturam o fogo e a água em perfeita harmonia, e nem a mais linda fantasia serás capaz de imaginar e nem o maior dos prazeres és capaz de descobrir até a mim chegares. Meu amor é um universo imenso onde se misturam todas as formas, onde se escondem todos os teus e meus desejos, está tudo escrito nas curvas da luz que invisíveis viajam pelo espaço denso de sonhos e estreito de distâncias. Já percorri longas distâncias e perdi-me em espaços apertados, mas não perdi a essência de meu pulsar, e meu amor vagueia livre em busca de um olhar que o prenda na mais bela das liberdades onde dois pulsares emitem e recebem em perfeita harmonia, acredita…

Sinto-me: A Olhar-te...
Por Pulse às 20:10
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
RSS