"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

Domingo, 27 de Abril de 2008

Li


Li um livro de amor,

sem nome nem folhas,

não é sobre paz nem dor.

 

Desfolhei dias de escolhas,

num livro sem páginas,

ouvi e desfolhei e cantou-lhas.

 

Era de liberdade e afinidade,

não tinha escrita nem contrato,

passou pelo tempo sem idade,

que em memórias perdidas retrato.

 

Li um livro de fantasia,

laços de divino e profano,

sonhos em papel de poesia,

escritos rasurados por engano.
Pulsar
Sinto-me: A Escrever...
Por Pulse às 18:29
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

As Pessoas são Estranhas


As pessoas são estranhas quando nós o somos,

feias são as caras quando nos vemos só.

Toda a mulher que nos rejeita nos parece perversa,

as ruas são tortuosas quando estamos em baixo.

Quando nos sentimos estranhos, surgem-nos caras através da chuva,

quando nos sentimos estranhos, ninguém se lembra do nosso nome,

quando nos sentimos estranhos, quando nos sentimos estranhos,

quando nos sentimos estranhos.
Sinto-me: Estranho...
Música: The Doors - People are Strange
Por Pulse às 17:54
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 19 de Abril de 2008

INICIAR



Busco na história aberrações,

mortas estão todas as doutrinas,

filosofias, politicas e religiões.

 

Já formaram exércitos e legiões,

em seu nome mortes assassinas,

por mais futuro tudo são repetições.

 

A presente realidade censuro,

por tudo em causa sem negares,

a fé a esperança e o futuro,

é antes para ti dentro olhares.

 

Por mais argumentos e ideias,

verás onde está o precipício,

abre os olhos antes que anseies,

abre a mente e coração num início.

Pulsar
Sinto-me: No Inicio...
Música: Mike Oldfield - Incantations
Por Pulse às 23:38
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 13 de Abril de 2008

DESORDEM



Na angustia do mundo,

reina a ganância e o caos,

caminhos largos e fundos.

 

Na carência do mundo,

avidez de sexo e de guerra aos…,

do passado nada oriundo.

 

E por mais que enriqueças,

pintes teus bens de dourado,

por mais que te esqueças,

tudo será demolido e tirado.

 

Por mais drogas e elixires,

plásticas e passerelles,

pergunta aos anos se existires,

à natureza em mortas peles.

Pulsar
Sinto-me: Desordeiro da Desordem...
Por Pulse às 15:51
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Navegue ...


Navegue ... 
 
Fernando Pessoa

 

 

Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles
é lá.

Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.

Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é

para todos.

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.

Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa

de chegar sabe-se lá onde.

Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só

o seu.

As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas

as faces.

O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!

Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave!

Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.

Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é

outro, se a idade aumenta; conserve a vontade de viver, não se chega à

parte alguma sem ela.

Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.

Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.

Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não

enlouqueça por elas.

Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.

Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.

Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.

Olhe para o lado, alguém precisa de você.

Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.

Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.

Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo

também.

Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.

Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar

necessário.

Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!

Se perceber que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.

Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudades, mate-a.

Se perder um amor, não se perca!

Se achá-lo, segure-o!

"Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala. O mais é nada".

Sinto-me: A Navegar...
Por Pulse às 10:34
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 12 de Abril de 2008

Estranho

Estranho, ficar assim sem escrever durante este tempo, foi muito tempo, tenho mais um amigo comum aqui no meu blog, bem vindo, que teu Pulsar seja uma luz forte e colorida para que no universo veja bem o teu brilho, bem aja. A tecnologia também contribui para esta pausa, é verdade, como somos tão dependentes dela, é com uma certa nostalgia que viajo no tempo, alguns anos atrás, nem pc’s, nem Net, nem telemóveis, enfim nada, como era diferente, falta-nos isso, eu penso que sim, embora seja um adepto das novas tecnologias, reconheço que de certa forma ela nos afasta da contemplação, do sentido, do significado das coisas pequenas e simples, de viver todos os sentido com a natureza, com os outros que nos rodeiam, mas acredito porém que a tecnologia nos trará de volta tudo isso, porque no fundo ela própria está a ser vitima, e apesar de hoje a criticarmos não nos apercebemos o quanto ela pode ser útil quando um dia for implementada em muitos campos como seja por exemplo no ramo automóvel, que um dia irão consumir energia renovável e não fóssil, que com esse gás venenoso nos consome a todos e mal trata tanto a natureza verde e azul do nosso planeta, espero que o homem ganhe alguma decência e dignidade e deixe de parte os seus interesses, assim espero e tenho esperança. Mas aqui estou, viajando pelo espaço nas frequências de meu Pulsar em busca do mais profundo que uma alma pode ir, sentir sem nunca ter sentido, perceber sem nunca ter percebido, entender o que mais ninguém entende e pensar e saber que existe mais alguma coisa para além de nós que não esta simples carne como se um invólucro se trata-se onde somos prisioneiros do tempo e do medo de perder o que temos num egoísmo por vezes demolidor por vezes protector, assim é este regresso, regresso já regressado, um abraço a todos e sejam mais natureza e menos Homens…

 

Deixo-vos com este maravilhoso clip, uma música linda, um dia já não seremos prisioneiros mas sim homens e mulheres livres, é preciso lutar com todas as frequências com todas as voltas que um pulsar pode dar, lutem…

 
Sinto-me: A Regressar...
Música: Mylene Farmer - Fuck Them All
Por Pulse às 14:38
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31
blogs SAPO
RSS