"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

Ecos...


Frequências...


Frequências de AMOR...

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

*Os Meus Preferidos


Firefox 2


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004csxg


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004g81t


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004d61q


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004ee8g


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004f502


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007z64z


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00080g5c


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000810a3


Segunda-feira, 2 de Julho de 2007

Disfunções...


Disfunções da história que o tempo não apagou, criámos costumes, tradições, religiões, traçados e tratados, conquistámos e destruímos, partimos em descobertas e em epopeias, criámos mitos, crenças e maldições, invadimos territórios inóspitos e desconhecidos, aniquilámos civilizações, criámos fronteiras, domesticámos os pobres e fizemos escravos que ainda perduram sobre as mais sofisticações e coberturas de escravidão absoluta. Criámos escolas, ensino e criámos regras, leis e normas. Impusemos nossas crenças em África na Ásia e para lá dos oceanos, criámos durante séculos diferenças entre homens e mulheres, pusemo-los a conviver separados como se fosse um grande mal se tocarem, criámos monstros, que ainda perduram, pedófilos, psicopatas e violadores e outros que tais, criámos carências e espaços vazios e hoje assistimos às grandes disfunções da história e chegámos ao grande momento, o momento de assistirmos ao grande espectáculo, um grande banquete da história que tenta restabelecer o equilíbrio a todo o custo, a um ranger de dentes, a grande orgia da solidão e vazios num espectáculo camuflado de morte que não queremos aceitar, e da dor que rejeitamos a qualquer custo e nos desviamos dela, ignoramos meio mundo e desesperamos em desesperos e angustias e medos, construímos papões como o terrorismo a grande chaminé que nos levará à extinção, criámos novas doenças e vacinas e destruímos 90 para construir 10, fazemos novos exércitos de destruição maciça e pela televisão assistimos a matanças que fingimos e os consumimos como se de bons filmes se tratassem e esperamos apaticamente e passivamente que nos batam à porta e os corruptos os poderosos os que tudo querem e nunca estão satisfeitos nos levem tudo, mas só nos lembramos quando a nossa campainha toca. Disfunções que o tempo procura corrigir, e ignoramos que são apenas disfunções e não aberrações e preferimos ir pela descriminação, pela censura, pela alienação, pela prisão, pela atribuição da culpa aos outros, e nos fazemos juízes e proclamamos sentenças, e declaramos a moral e fazemos dela verdade absoluta. Disfunções da grandiosa história da humanidade que em cantos de compaixão procuro vasculhar lindas histórias e encontro poucas e algumas lembradas mas não continuadas, vi e vejo feitos grandiosos mas de nenhuma importância para os hipócritas para os incoerentes para os mentirosos para os governantes e líderes, e a grande arrogância a luxúria dos nossos tempo e retiramos a sensatez a compaixão das nossas vidas, ou da vida deles, porque de tudo temos um pouco, civilização sinónimo de domesticação é este o baú em que nos colocaram e surgiram e surgem as grandes disfunções que os excluídos não tem culpa, os pobres não tem culpa os diferentes não tem culpa os doentes não tem culpa, África não tem culpa, América não tem culpa, Ásia não tem culpa, os povos famintos, os povos em dor, os povos escravizados, os povos oprimidos os que no nosso mundo vivem e deles desviamos o olhar mas para corrigir tudo isso a história está corrigindo essa grande disfunção e até lá iremos esperar neste grande banquete de Disfunções da história…
Sinto-me: Com Disfunções
Por Pulse às 21:39
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Passageiros



ON-LINE




Current Moon Phase
CURRENT MOON PHASE

*As Minhas Fotos:

Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001eayf

Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001gex5

Sé de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001fgy7

Ponte Arrabalde da Ponte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002a74c

Ponte Leiria Euro 2004
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002bt3r

Igreja São Francisco
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000276z8

Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00029w7p

Fonte das 3 Bicas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002832x

Estação CP Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002692y

Escola Secundária de Domingos Sequeira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002xhcx

Nascente do Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002wh5s

Muralhas do Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002yr27

O Rio da Minha Cidade
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002t3b5

Antiguidades no Estaleiro da JAE
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002r4c1

Avião no Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002s2cy

Vista Geral sobre Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001hc9e

Mosteiro da Batalha
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00025cxe

Estátua Equestre de D. Nuno Álvares Pereira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00047cya

Câmara Municipal de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00041xr6

Estátua de D. João III
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00042ghc

Lyceu de Rodrigues Lobo
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00045d99

Nazaré
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00048k2s

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000449hh

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0005ze92

Igreja N. S. Encarnação
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000431zh

Igreja N. S. do Monte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007e7x0

Mosteiro de Alcobaça
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000790w5

Óbidos
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007dwk3

Castelo de Almourol
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007br5f

Aveiro
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007aq9g

Curiosidades de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007c8ax

Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00046bzx

Rio Lis (Cortes-Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007wq17

Rio Lis (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007y40g

São Martinho do Porto
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007tryd

Berlengas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007xq26

Castelo de São Jorge (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000823wa

Rio Tejo (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00083bcr

Ribeira (Porto)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00084kf2

Convento de Cristo (Tomar)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00085pb4



Google

*Pulsar na Net

blogs SAPO
RSS