"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

Ecos...


Frequências...


Frequências de AMOR...

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

*Os Meus Preferidos


Firefox 2


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004csxg


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004g81t


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004d61q


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004ee8g


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004f502


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007z64z


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00080g5c


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000810a3


Sábado, 31 de Maio de 2008

O Templo

 

 

São grãos de areia num areal,

falo-te dum templo em ti,

perdido em séculos de historial.

 

Procuro em vão mostrar,

curtas precisas e confusas,

as palavras da solução aflorar.

 

Conheces o caminho das estrelas,

onde a terra que pisas é sagrada,

conheces esse templo que apelas,

onde coração é rei e a mente aliada.

 

Para lá vai despido de miséria,

vestido de espírito e alma pura,

perdeste a criança em ti pela séria,

corroída ficou, ela existe, luta.

Pulsar

 

 

Um pequeno pedaço de algo

Caindo suavemente, abaixo, abaixo

Ninguém entende como eu entendo.

 

Eu preferiria estar ao teu lado

Tudo aquilo que sabemos fazer tão bem.

Conta-me o que sentes agora

Mostra-me o que pensas disto

 

Não é mais sobre nós

Estão em toda a parte as razões pelas quais lutamos

Não é sobre ódio, não é sobre a dor que nós sempre sentimos

Eu sei que nós temos nossos problemas mas nós não somos os únicos

Não é sobre ti, não é sobre mim.

Não é sobre raiva, é mais sobre a solidão que nós sentimos

 

Como posso eu começar a pedir um pouco de perdão

Para tudo aquilo que de nós levamos

Não há nada a temer

Um pequeno pedaço de algo.

Caindo suavemente, abaixo, abaixo

Ninguém entende não, ninguém como eu

Não há nada a temer

Não é mais sobre nós

 

Estão em toda a parte as razões pelas quais lutamos.

Não é sobre ódio, não é sobre dor que nós sempre sentimos

Eu sei que nós temos nossos problemas mas nós não somos os únicos

Não é sobre ti, não é sobre mim.

Não é sobre raiva, é mais sobre a solidão que nós sentimos.

 

Não é sobre nós

Não é sobre ódio

É mais sobre a solidão que nós sentimos,

Consegues tu senti-la

Não é sobre raiva

Não é sobre querer

Eu sei que nós temos nossos problemas

 

Mas nós não somos os únicos,

 

nós não somos os únicos,

não é sobre ti, não é sobre mim.

 

Ray Wilson

 

 

Sinto-me: A Caminho...
Música: Ray Wilson (Genesis) - Not About Us
Por Pulse às 19:14
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

A música que merecemos...

Outrora a música movimentava massas e com ela as revoluções surgiam, não foi só nos anos 60 do século passado, desde o grito africano ao blues passando pela clássica, e mais tarde o rock e a pop, desde os escravos negros, desde os grandes compositores europeus, revoluções e gerações surgiram e com elas mudanças culturais, venceram-se preconceitos e abriram-se novas esperanças, umas conseguidas outras consumidas pela apatia e pela inércia dos tempos modernos. Hoje a música tenta por vezes levantar esse sinal de inconformismo, mas nada, adormeceu na apatia dos média e de alguns senhores que como sempre colocam o dinheiro à frente da arte e a arte deixa de ser o impulsionador de revoluções e despertares de consciência do inconformismo do mundo perante a alienação por parte dos poderosos que a única coisa que fazem é nos domesticar através de um ecrã grande ou pequeno, pela TV ou pela Net, tal como um grande músico disse num conserto, “antigamente questionávamos do que éramos feitos e compostos e era habitual dizer que era do que comíamos, mais recentemente e mais sofisticadamente dizem-nos que somos o que queremos ser, que somos o que lemos, mas o que eu acho é que neste século nós somos aquilo que vemos”. Talvez a música se tenha perdido na visão do que vemos e não do que somos realmente. Fico triste por pensar que a música já não tem o peso que tinha e hoje apenas seja utilizada por determinadas grupos restritos para promoverem não um bem comum mas sim antes uma reedificação pessoal ou grupal que nada tem a ver com os verdadeiros problemas que nos são apresentados actualmente. È habitual dizermos que uma imagem vale mais que mil palavras e então nos questionamos com todas as imagens porque é que tudo continua igual e muitas vezes pior?… espero que gostem desta música…

 

 

Eles têm o dinheiro, eles têm o sol
Eles parecem se estar a divertir
Não parece tão injusto?
Eles sabem de algo que tu não sabes
Eles têm sempre um lugar melhor para ir
Eles são belos e ricos e não se importam
Nós conseguiremos os sonhos que merecemos
As revistas que nós merecemos
As páginas um e três que nós merecemos

A alegria e a dor que nós merecemos
O sol e a chuva que nós merecemos
O ganho material que nós merecemos
Nós conseguiremos o que merecemos

Eles têm tensão, eles têm stresse
Eles têm suas vidas sob pressão
O mundo inteiro observa enquanto eles o desnudam
Vendem os amigos para avançarem
Fazem terapia em vez de terem amigos
Eles têm demónios nas suas camas

Nós conseguiremos os brinquedos que nós merecemos
O silêncio e o barulho que nós merecemos
As moças e os rapazes que nós merecemos

Nós conseguiremos o que queremos se realmente o desejarmos
Nós conseguiremos o que queremos se formos realmente honestos
tu sabes o que és
tu sabes o que queres
tu sabes o que mereces

Nós conseguimos os mares que nós merecemos
As flores e as árvores que nós merecemos
As esporas na brisa que nós merecemos

Nós conseguiremos o que queremos se realmente o desejarmos
Nós conseguiremos o que queremos se formos realmente honestos
tu sabes o que és
tu sabes o que queres
tu sabes o que mereces
tu mereces
Nós conseguiremos o que nós merecemos
Nós merecemos

Sinto-me: A Merecer...
Música: Marillion - Deserve
Por Pulse às 19:11
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Quinta-feira, 15 de Maio de 2008

DOMINGO SANGRENTO DOMINGO



 

Não posso acreditar nas notícias de hoje

Não consigo fechar os olhos e esquecer

Durante quanto tempo teremos de cantar esta canção?

Durante quanto tempo? Esta noite podemos estar unidos.

Garrafas partidas debaixo dos pés das crianças,

Corpos espalhados ao longo dum beco sem saída

Mas não vou responder ao grito de guerra

Isso irrita-me, deixa-me encostado à parede.

 

Domingo, sangrento Domingo.

Domingo, sangrento Domingo.

 

A batalha ainda agora começou

Muitos se perderam, mas diz-me quem ganhou?

Brechas abriram-se nos nossos corações

Mães e filhos, irmãos e irmãs separados.

 

Domingo, sangrento Domingo.

Domingo, sangrento Domingo.

 

Durante quanto tempo teremos de cantar esta canção?

Durante quanto tempo? Esta noite podemos estar unidos.

Esta noite, esta noite.

 

Domingo, sangrento Domingo.

Domingo, sangrento Domingo.

 

Enxuga as lágrimas dos teus olhos

Enxugas as lágrimas

Enxuga os teus olhos raiados de sangue.

 

Domingo, sangrento Domingo.

Domingo, sangrento Domingo.

 

E é bem verdade que estamos imunes

Quando os factos são ficção e a TV é a realidade

E hoje são milhões os que choram

E nós a comer e a beber quando eles morrerem amanhã.

A verdadeira batalha está a começar.

Para reclamar vitória Jesus ganhou

Num Domingo, sangrento Domingo.

Domingo, sangrento Domingo.

 

Sinto-me: Na batalha...
Música: U2 - Sunday Bloody Sunday
Por Pulse às 23:20
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Passageiros



ON-LINE




Current Moon Phase
CURRENT MOON PHASE

*As Minhas Fotos:

Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001eayf

Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001gex5

Sé de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001fgy7

Ponte Arrabalde da Ponte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002a74c

Ponte Leiria Euro 2004
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002bt3r

Igreja São Francisco
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000276z8

Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00029w7p

Fonte das 3 Bicas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002832x

Estação CP Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002692y

Escola Secundária de Domingos Sequeira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002xhcx

Nascente do Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002wh5s

Muralhas do Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002yr27

O Rio da Minha Cidade
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002t3b5

Antiguidades no Estaleiro da JAE
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002r4c1

Avião no Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002s2cy

Vista Geral sobre Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001hc9e

Mosteiro da Batalha
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00025cxe

Estátua Equestre de D. Nuno Álvares Pereira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00047cya

Câmara Municipal de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00041xr6

Estátua de D. João III
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00042ghc

Lyceu de Rodrigues Lobo
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00045d99

Nazaré
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00048k2s

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000449hh

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0005ze92

Igreja N. S. Encarnação
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000431zh

Igreja N. S. do Monte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007e7x0

Mosteiro de Alcobaça
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000790w5

Óbidos
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007dwk3

Castelo de Almourol
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007br5f

Aveiro
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007aq9g

Curiosidades de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007c8ax

Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00046bzx

Rio Lis (Cortes-Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007wq17

Rio Lis (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007y40g

São Martinho do Porto
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007tryd

Berlengas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007xq26

Castelo de São Jorge (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000823wa

Rio Tejo (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00083bcr

Ribeira (Porto)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00084kf2

Convento de Cristo (Tomar)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00085pb4



Google

*Pulsar na Net

blogs SAPO
RSS