"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

Ecos...


Frequências...


Frequências de AMOR...

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

*Os Meus Preferidos


Firefox 2


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004csxg


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004g81t


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004d61q


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004ee8g


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004f502


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007z64z


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00080g5c


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000810a3


Terça-feira, 25 de Dezembro de 2007

Feliz Natal (Estrelas de Natal)

glitter graphics

Sinto-me: Pulsar de Natal...
Música: John Lennon - Happy Xmas (War Is Over)
Por Pulse às 00:25
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 23 de Dezembro de 2007

A minha música de Natal

Esta é a minha musica de Natal, desejo a todos os meus amigos, conhecidos e visitantes  do meu Blog  um Feliz  Natal e  um Bom Ano de 2008, que possa ser igual mas sempre melhor que este, a todos com amizade...


Boas Festas

 

Quando te deitas à noite na tua cama

E quando fechas e trancas a porta

Não consegues imaginar nesse frio e escuro quarto

a razão de não haver suficiente amor à tua volta

Não existe suficiente amor à tua volta

 

É de solidariedade que nós precisamos meus amigos

É de solidariedade que nós precisamos

É de solidariedade que nós precisamos meus amigos

Porque não há suficiente amor à nossa volta

Não existe suficiente amor à nossa volta.

 

No meio dos ódios mundiais e em outros meios

Meio mundo tem toda a comida

O outro meio as mentiras mundiais e sofre lentamente de fome

Porque não há suficiente amor à nossa volta

Não existe suficiente amor à nossa volta.

 

É de solidariedade que nós precisamos meus amigos

É de solidariedade que nós precisamos

É de solidariedade que nós precisamos meus amigos

Porque não há suficiente amor à nossa volta

Não há suficiente amor

Não existe suficiente amor à nossa volta.



Feliz Natal
Sinto-me: Natal...
Música: Marillion – Sympathy
Por Pulse às 23:18
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 22 de Dezembro de 2007

O Voo do Vento



Corro, corro lento e veloz,

sopra o vento entre nós,

ainda existe amor e abraços,

alegria e um sorriso e laços.

 

Solto, solto asas e lanço,

brilha, brilha luz e alcanço,

ainda existe harmonia e paz,

carinho e um tesouro capaz.

 

Sabes tu correr e brilhar,

soltar angustias ao vento,

sabes tu de novo amar,

numa onda de carinho alento.

 

Procura, procura de novo,

ri-te, ri-te do tempo sempre,

cai. cai de pé e tudo demovo,

nada, nada é para sempre.

 

Sonha, sonha sonhos de criança,

o adulto esqueceu-se que foi,

aprende, aprende e alcança,

dia novo nunca será como foi.

 

Sabes tu o sabor da ternura,

a vida é linda e belo arrepio,

aprendes com ela nua e crua,

o fim não é mais que um princípio.

Sinto-me: A Voar no Vento...
Música: Reamonn - Supergirl
Por Pulse às 23:14
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Bom Fim de Semana

Sinto-me: Natal...
Música: Jerry Lee Lewis - Great Balls Of Fire
Por Pulse às 20:16
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2007

Esconde-te de ti



Esconde-te porque o mundo está a girar para te sangrar no caminho

O que ganharás se tentares viver mais?

Paraíso ou inferno, foi o frio da jornada que concedeu teus olhos de aço?

Abriga-te atrás da pintura, da tua mente ou num curinga do jogo

 

Estás muito assustado para ouvir um estranho

És muito precioso para colocares o teu orgulho em perigo

Estás a espera que alguém te compreenda

Mas há demónios no teu armário

E para fechá-lo estás a implorar

Dizendo que a vida começou a pregar-te partidas

Amigos estão fora (de consideração) para te ferirem

Persistes naquilo que batalhas

 

Agora não seguras as lágrimas

Porque chegou a hora de ganhares controlo

Se te posso ajudar, se te posso ajudar

Se te posso ajudar, apenas deixa-me saber

Bem, permite que eu te mostre o sinal mais próximo

Para obteres o teu coração de volta durante a viagem

Se te posso ajudar, se te posso ajudar

Se te posso ajudar, apenas deixa-me saber

 

A noite inteira acordado (como gostas) e tão seguro estás de ti,

Precisa de algo, de uma estrela de um filme secundário para te vigiar?

Eu sou igual a um menino que acreditava no ditado: “a cura da dor era o amor”,

Como seria se tu pudesses ver o mundo pelos meus olhos?

 

Muito assustado --- o fogo está a ficar mais frio

Muito precioso   --- e pensar que estás a ficar mais velho,

Estás à procura de alguém para te dar uma resposta

Mas o que tu vês é apenas uma ilusão

Está cercado pela confusão

Dizendo que a vida começou a pregar-te partidas

Amigos estão fora (de consideração) para te ferirem

 

Eu quero saber...

Eu quero saber de ti...

 

E então, permite-me que eu te conheça

Quero sentir-te

Quero tocar-te

Por favor, deixa-me aproximar de ti

Tu podes ouvir o que estou a dizer?

Bem, estou à espera, estou a sonhar, estou a rezar,

Sei o que estás pensar

Vejo o mesmo que tu

Nunca deixes de acreditar em ti mesmo

 

Continua deitado, continua deitado

Por que é que continuas deitado?

Por que não ouves?

Podes confiar em mim

Conheço a passagem para um lugar

Onde tu não precisas ter a sensação

De estar sozinho

Ouve-me

Sei exactamente o que estás a sentir

Porque todos os teus problemas estão dentro de ti

Por favor, começa a ver que estou apenas sangrando

Para me amares, amar-te

Amar é o caminho para nos ajudarmos

Porque devemos ser tão modernos? Oh tão modernos!?

Oh, somos como uns tolos condenados...
Sinto-me: A Jogar... não...
Música: Roger Hodgson - Hide in Your Shell
Por Pulse às 17:20
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 9 de Dezembro de 2007

Nós Dois...

O que posso dizer desta música, maravilhas sim, muitas, uma entre centenas que fazem parte da banda sonora da minha vida, recordo momentos lindos com ela, comoventes de lágrimas que me curaram e me curam, nós os dois, eu e o meu sonho continuamos sobrevivendo aos tumultos dos dias e todos os dias vencemos... eu e o meu sonho... que sejamos muitos assim...



Olha para mim, eu sou uma marca na areia,
estou construindo sonhos numa terra de estranhos,
Conta-me porque me devo preocupar

Conta-me porque me devo preocupar


Cada vez que me sinto desanimado,
eles levantam-me e me fazem girar,
Conta-me onde vamos,
Daqui partiremos para onde, diz-me.

O que vamos descobrir? (descobre)
O que vamos descobrir? (descobre)
Deixa o deserto, e esta solidão,
Enquanto existirmos apenas nós dois,
Enquanto existirmos apenas nós dois,

eu continuarei,
tu não me podes segurar

Quando o homem descobrir?
Quando vamos descobrir
O que o universo está exactamente esperando ouvir
Enquanto existirmos apenas nós dois
Enquanto existirmos apenas nós dois
Enquanto existirmos apenas nós dois
Nós iremos prosseguir.

Sinto-me: Eu e o meu Sonho...
Música: Roger Hodgson - Two Of Us
Por Pulse às 22:46
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 8 de Dezembro de 2007

Bom Domingo

Corro, corro lento e veloz,

sopra o vento entre nós,

ainda existe amor e abraços,

alegria e um sorriso e laços.


 

Sinto-me: A Correr... sem...
Música: Cutting Crew - (I Just) Died In Your Arms
Por Pulse às 19:32
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

COM DEUS DO NOSSO LADO



O meu nome nada significa

A minha idade ainda menos

A região de onde vim

Chama-se Midwest

Lá cresci e lá me ensinaram

As leis a que obedecer

E que o país em que vivo

Tem Deus do seu lado.


Os Livros de história contam

E que bem o fazem

A cavalaria carregou

Os Índios caíram

A cavalaria carregou

Os Índios morreram

O país era jovem

Com Deus do seu lado.

A guerra Hispano-Americana

Teve a sua época

E também a Guerra Civil

Depressa acabou

E os nomes dos heróis

Fui obrigado a decorar

Com as armas nas mãos

E Deus do seu lado.

A primeira Guerra Mundial

Teve o seu destino

Nunca entendi bem

A razão dessa luta

Mas aprendi a aceitá-la

Aceitá-la com orgulho

Pois não se contam os mortos

Quando Deus está do nosso lado.

Quando a Segunda Guerra Mundial

Chegou ao seu termo

Perdoámos aos alemães

Agora somos amigos

Apesar de terem morto seis milhões

Nos seus fornos crematórios

Também os alemães agora

Têm Deus do seu lado.

Aprendi a odiar os russos

Toda a minha vida

Se começar outra guerra

São eles que combateremos

Odiá-los e temê-los

Fugir e escondermo-nos

E aceitar tudo corajosamente

Com Deus do nosso lado.

Mas agora temos

Armas químicas

Se formos obrigados a usá-las

Teremos de fazê-lo

Carregar no botão

E destruir o mundo

E não fazemos perguntas

Quando Deus está do nosso lado.

Muitas vezes

Tenho pensado sobre isto

Também Jesus Cristo

Foi traído com um beijo

Mas não posso pensar por vós

Tereis de decidir

Se Judas Iscariotes

Tinha Deus do seu lado.

Agora que parto

Estou mortalmente cansado

A confusão que sinto

Não se pode descrever

As palavras enchem a minha cabeça

E caem ao chão

Se Deus está do nosso lado

Impedirá a próxima guerra.


Bob Dylan - With God on Our Side
 
Sinto-me: Com...
Música: Bob Dylan - With God on Our Side
Por Pulse às 15:04
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Sábado, 1 de Dezembro de 2007

Amor Oculto



Quem me dera te dizer apenas,

o quanto espero essa saudade,

nasci sobre fantasmas e arenas,

que assombram minha claridade.

 

Não sou de formosuras mil,

nem cavaleiro de um castelo,

nem transpareço ser verosímil,

digo verdade o mais precioso elo.

 

Pisei caminhos não desejados,

mil vezes de tudo despojado,

descubro-me a cada lágrima,

e despeço-me em cada rima.

 

Incógnito e sem valor passo,

longe de tudo até de ti vou,

nem reparo nem um repasso,

não existo apenas e não estou.

 

E paro e contemplo o céu,

e vejo-te doce por um véu,

luzes de néon que deleitam,

estrelas enchem e se deitam.

 

E existem corações assim,

nada espelham, nada aliciam,

longe ficam aguardando sim,

uma chamada livre teciam.

 

Quem me dera apenas ter,

um lugar um altar em ti,

para um dia te oferecer,

um livro de amor que li.
Sinto-me: Oculto
Música: Gary Moore - Empty Rooms
Por Pulse às 16:30
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Passageiros



ON-LINE




Current Moon Phase
CURRENT MOON PHASE

*As Minhas Fotos:

Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001eayf

Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001gex5

Sé de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001fgy7

Ponte Arrabalde da Ponte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002a74c

Ponte Leiria Euro 2004
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002bt3r

Igreja São Francisco
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000276z8

Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00029w7p

Fonte das 3 Bicas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002832x

Estação CP Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002692y

Escola Secundária de Domingos Sequeira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002xhcx

Nascente do Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002wh5s

Muralhas do Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002yr27

O Rio da Minha Cidade
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002t3b5

Antiguidades no Estaleiro da JAE
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002r4c1

Avião no Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002s2cy

Vista Geral sobre Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001hc9e

Mosteiro da Batalha
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00025cxe

Estátua Equestre de D. Nuno Álvares Pereira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00047cya

Câmara Municipal de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00041xr6

Estátua de D. João III
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00042ghc

Lyceu de Rodrigues Lobo
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00045d99

Nazaré
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00048k2s

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000449hh

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0005ze92

Igreja N. S. Encarnação
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000431zh

Igreja N. S. do Monte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007e7x0

Mosteiro de Alcobaça
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000790w5

Óbidos
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007dwk3

Castelo de Almourol
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007br5f

Aveiro
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007aq9g

Curiosidades de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007c8ax

Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00046bzx

Rio Lis (Cortes-Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007wq17

Rio Lis (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007y40g

São Martinho do Porto
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007tryd

Berlengas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007xq26

Castelo de São Jorge (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000823wa

Rio Tejo (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00083bcr

Ribeira (Porto)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00084kf2

Convento de Cristo (Tomar)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00085pb4



Google

*Pulsar na Net

blogs SAPO
RSS