"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

Ecos...


Frequências...


Frequências de AMOR...

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

*Os Meus Preferidos


Firefox 2


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004csxg


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004g81t


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004d61q


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004ee8g


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004f502


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007z64z


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00080g5c


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000810a3


Domingo, 29 de Abril de 2007

O Rio da minha cidade

Rio Lis Cidade de Leiria



O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

O Tejo tem grandes navios
E navega nele ainda,
Para aqueles que vêem em tudo o que lá não está,
A memória das naus.

O Tejo desce de Espanha
E o Tejo entra no mar em Portugal.
Toda a gente sabe isso.
Mas poucos sabem qual é o rio da minha aldeia
E para onde vai
E donde ele vem.

E por isso, porque pertence a menos gente,
É mais livre e maior o rio da minha aldeia.

Pelo Tejo vai-se para o Mundo.
Para além do Tejo há a América
E a fortuna daqueles que a encontram.
Nunca ninguém pensou no que há para além
Do rio da minha aldeia.

O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
Quem está ao pé dele está só ao pé dele.

Alberto Caeiro (Fernando Pessoa)
Sinto-me: Navegante do meu Rio
Por Pulse às 20:43
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Poesia para um Pulsar Perdido


Já alguma vez te sentiste como se alguém quisesse entrar dentro de ti para chorar e ao mesmo tempo te sentiste triste e angustiado como se o transporte da dor fosse possível?


Um pulsar entrou em meu sistema,

Na face trazia uma lágrima linda,

E no coração um estranho dilema,

Uma fragilidade que ninguém tinha.

 

Uma ilha envolvida em nuvens,

Rosas sem espinho e escuras,

Eram sonhos perdidos em espaços,

Que o tempo apaga em paragens cruas.

 

E a paz, livro sem paginas,

Rastejo no silêncio das noites,

Onde o amor é despejado,

E eu não quero que em mim pernoites.

 

Sou o verme que desprezas,

Em lindos vestidos te disfarças,

Rola, rola doce roleta, serão presas,

Presa fácil que não disfarças.

 

E um dia virão bater-te a porta,

O desfile do labirinto da vida,

O tempo disfarça e mata mas não te importas,

Só o momento, só o gesto absolvido.

 

Já parti meu pulsar, bate, bate,

Coração emite e eu recebo,

Já leste tudo menos o embate,

Julgas o julgador que não bebo.

 

E se julgas que isto é uma merda,

Então esquece, deves ser clone,

De uma raça, de perfeitos, que herdas,

Pois eu prefiro ser levado num ciclone.
Sinto-me: Longínquo
Por Pulse às 00:14
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Quarta-feira, 25 de Abril de 2007

R.E.M. - Everyboby Hurts

Quando o dia é longo
E a noite, e a noite é tua,
Quando tens a certeza que já tiveste o bastante desta vida,
Bem, persiste...

Não desistas de ti mesmo,
Pois todos choram
E todos sofrem
Às vezes...

Às vezes tudo está mal,
Nesse momento é hora de cantarmos juntos.
Quando teu dia é noite, sozinho,
(Espera, espera)
Se tiveres vontade de desistir
(Espera....)
Se achares que tiveste demais desta vida,
Bem, persiste...

Pois todos sofremos,
Procura conforto nos teus amigos.
Todos sofremos...

Não te resignes,
Oh, não! Não te resignes
Quando te sentires como se estivesses sozinho.
Não, não, não, não estás sozinho...

Se estás por conta própria nesta vida,
E os dias e noites são longos,
Quando sentires que tiveste demais desta vida
Para persistir...

Bem, todos sofremos
Às vezes, todos choramos.
E todos sofremos
Às vezes...

E todos sofremos
Às vezes...

Então espera, espera...
Espera, espera,
Espera, espera,
Espera, espera...

Todos sofremos...

Tu não estás sozinho...

Sinto-me: Com dor
Música: R.E.M. - Everyboby Hurts
Por Pulse às 23:39
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

FIM



Amigo olhei as estrelas,

um infinito e um vazio,

pintei de negro as estrelas,

e aceitei o fim do desafio.


Homens de olhos dourados,

chegaram à terra natal,

em busca de risos crucificados,

olharam para um fim mortal.


Cartas postas na mesa,

desesperos num bar perto do cais,

a morte puxou da presa,

e num som o fim se fez sem mais.


Num carro que vagueia sem fim,

parou na estrada e a porta abriu,

e o sonho se envolveu de cetim,

e o fim, um simples desvio.


No vicio o fim do tormento,

do abandono ao gosto amargo,

das frustrações sem aposento,

desta vida que não embargo.


A falência do fim do principio,

em letras de sonhos que criou.

O Amor no fim do precipício,

do paraíso que alguém amou.


E em papeis timbrados de juros viscosos,

abandonamos a vida, esquecemos a luz,

que os necrófagos de fato e gravata vistosos,

rejubilam-se em riquezas que a tua dor produz.


Onde está o principio?

Sinto-me: Não sei
Música: R.E.M. - Everyboby Hurts
Por Pulse às 23:16
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 22 de Abril de 2007

Blur - Song 2

Para animar a malta aqui vai algo com bastante ritmo, e não se esqueçam, façam desporto, dei em ciclista agora vejam só... hi hi hi...
Sinto-me: Metálico
Música: Blur - Song 2
Por Pulse às 13:07
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Amor-vs-Sexo e pobre do mundo...


Que grande bicho, mas se não acreditam vejam bem, porque é que o mundo está no estado em que está?, não acreditam mas é verdade, ele está assim porque por vezes existe excesso de sexo e também muita falta dele, existe também muita falta de amor e excesso de amor, é verdade, vejamos, porque é que o presidente George Bush é o que é?, ele é o que é porque faz pouco sexo e tem falta de amor, está de caras basta olhar para cara do homem, se fizesse mais sexo e recebesse mais amor acham que ele invadia o Iraque, duvido, mas vejamos por exemplo o presidente Mahmoud Ahmadinejad do Irão, esse tem falta de muito amor e deve ter algum sexo, mas como existe esse desiquilíbrio entretém-se a fazer de vez em quando armas nucleares, duvidam, olhem para a cara dele. Por exemplo o Presidente Vladimir Putin, esse é semelhante ao do Irão, até o nosso Sócrates por exemplo tem algum amor, não podemos negar, mas tem falta de algum sexo e por ai fora, eu francamente não consigo encontrar um exemplo de equilibro, por isso é que a democracia está no estado em que está, eles tem falta de amor pelo povo e falta de sexo em casa e amor, não duvidem, se tivessem ambas as coisas em casa eles não diziam tanto mal uns dos dos outros, por exemplo, Paulo Portas, meu deus esse é melhor nem falar, mas o homem deve ter falta das duas coisas, primeiro tem falta de amor, porque após ter saído do governo foi logo de férias para o lindo paraíso do Dubai, quis lá saber do amor ao povo, tem falta de sexo, é notório, teve que ganhar a liderança do PP para dizer mal do governo, pois é, o Presidente Hugo Chávez, esse tem falta não sem bem que qual das duas se de sexo ou amor, ele passa os dias a dizer quem é o diabo, por ele já vivíamos todos no paraíso, pois ele sabe quem ele é!!, outro exemplo claro é Fidel Castro, esse coitado já não faz uma coisa nem outra, sexo não faz porque enfim os anos pesam, amor, não sei se ele saberá o que é isso de amor e amar e tal e coisa, mas prontos temos que dar o desconto, um exemplo engraçado é o do primeiro ministro Tony Blair, esse tem tanto amor que não sabe o que fazer com ele, vejam bem a expressão até mete impressão e dó de tanto anjinho que tem e de diabinho também, mas meus amigos, ele tem falta de sexo do bom, não em demasia se não o homem não aguentava, outro exemplo é de Silvio Berlusconi, esse queria sexo a mais e amor muito pouco, por isso deu no que deu o povo mandou-o dar uma volta. Bem por este andar estava aqui a escrever sobre todos os nosso dirigentes mundiais. É, mas falta um pais engraçado, adivinhem qual, a China, é pá, um gajo por mais que se esforce é difícil lá entrar, aquilo é um sistema muito fechado, por isso os gajos de olhos bem fininhos e esticadinhos, os gajos pá, fazem sexo e muito e querem fazer mais sexo ainda por esse mundo fora, é mais ou menos como os norte americanos tem é menos amor, bem menos por sinal, quanto aos dirigentes do médio oriente, é pá, eles que façam sexo e amor, ficam logo bem dispostos e muito românticos, da forma como andam ainda um dia destes acabam com aquilo num banho de sangue é o conselho que eu lhes dou. À e é verdade, e vocês e eu?, como estamos de sexo e amor?, pois é..., fiquem bem.

Sinto-me: Com Sexo e Amor
Por Pulse às 02:34
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Segunda-feira, 9 de Abril de 2007

The Mavericks - Dance The Night Away

O desgraçado do segurança é que não dá conta do recado, ai está um vídeo bem curtido, bem alegre para este principio de semana, é também de alegria que é feito as frequências que imitem os sinais do meu Pulsar, divirtam-se sff...
Sinto-me: Com vontade de dançar
Música: The Mavericks - Dance The Night Away
Por Pulse às 22:09
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos
Domingo, 8 de Abril de 2007

Nirvana - Come As You Are

Vem como és

Vem como és, como eras
Como eu quero que tu sejas
Como um amigo, como um amigo
Como um velho inimigo

Vem a teu tempo, apressa-te
A escolha é tua, não te atrases
Descansa como um amigo
Como um antiga memória
Memória

Vem afundado na lama, com tuas roupas alvejadas
Como eu quero que sejas
Como uma tendência, como um amigo
Como um velho inimigo
Memória, memória
Memória

E eu juro que não tenho uma arma
Não, eu não tenho uma arma
Não, eu não tenho uma arma
Sinto-me: A caminho do Nirvana !!!
Música: Nirvana - Come As You Are
Por Pulse às 12:33
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Liberdade


São palavras estranhas, sento-me nesta cadeira de rodas, espreito uma luz, um dom, quem sabe!!. Liberdade permissiva, anarquia camuflada, ninguém usa ser audaz e provocar a própria liberdade. È mais fácil nos sentarmos nos nossos grandes sofás e atribuirmos os excessos aos outros, e que os outros são sempre os culpados e nem nós nem os nossos o são. Cambada de santinhos e inocentes que nós somos, ninguém chama as coisas pelos seus verdadeiros nomes, demasiado comuns estas palavras, que me interessa, não sou nenhum intelectual, nem escritor, e se soubessem das minhas habilitações então porra, diziam, este gajo nem escrever sabe!, e é verdade, mas que me interessa saber aquilo que julgam, é mais fácil julgarem os outros ou outras coisas do que a nós próprios, nada muda, afinal, mais uma virgula, mais um ponto, que interessa merda estas coisas, não vale mais a sinceridade, a honestidade, a verdade e bla bla bla… Vocês já sabem os termos, pois é, um dia destes essas coisas vão custar dinheiro a quem as quiser, são raras, cada dia mais e mais, e não se armem em santinhos, porque tudo é uma questão de preço, mas posso-vos garantir, a mim ainda não me deram o preço certo, duvido que alguma vez o façam, e se cair ou serei ingénuo ou burro mesmo, mas atenção existem gajos melhores que eu, sou um revolucionário do caraças, sou um perigo, se tivesse muito poder na mão, por isso não me dêem nada. Mas é claro, liberdade, doce palavra, vivemos verdadeiramente na liberdade? A resposta é fácil, sim e não, o pior é explicar, se por um lado tudo é permitido mas nem tudo nos convêm, mas na verdade, e não se façam agora, digo eu, ingénuos, porque na verdade pode-se fazer tudo, pelo menos neste pais e em muitos outros, é se impune a quase na totalidade, mata-se por um euro, é se ditador, tirano ou louco de um país de escravos ou mentes manipuladas por pouco, basta ter petróleo, diamantes ou dólares. Outros dirão que existe escravatura e é verdade, mesmo debaixo dos nosso narizes, bem mas onde eu quero chegar é à liberdade, existe demasiada ou não, lá estou eu outra vez, não desisto, liberdade existe sim, existe é uma coisa de se chama excesso, de um estremo e de outro, escravidão um deles e o outro a imposição de uma certa cultura a uma maioria significativa, não existe necessidade, todos podemos ser o que queremos sem querer impor as nossas regras aos outros, mas o contrário não é tolerável, a descriminação, ou anti-semitismo, a exclusão bla bla bla… também não deveriam ser toleráveis, então perguntam vocês, onde é que existe o meio-termo? é fácil, aceitar os outros como eles são e não impor seja o que for ao outro sobre de que forma for, nunca, nem persuasão, nem imposição, nem por repressão, nada, cada um deve ser aquilo que é, se és o que és, continua a sê-lo, agora não queiras que eu o seja também, né cara, e ponto final, e não se esqueçam oiçam boa musica e deixem-na levar bem lá no fundo até à alma. Já agora querem algum exemplo do que escrevi acima, e escolhi algo bem polémico nos dias de hoje, por exemplo: homossexualismo, cada homem ou mulher pode ter a sua orientação sexual da forma como quiser, e se sentir feliz dessa maneira, qual é o problema, o problema só começa quando por excesso, e isso me perdoem, mas tenho que dizer, quando existem aquelas paradas gays, por favor, aquilo não dignifica em nada, mesmo em nada esse tipo de orientação sexual, tem o efeito contrário naqueles pessoas que são menos tolerantes, pensem bem e vejam se não é verdade, quando vejo aquelas paradas fico estupefacto e até perplexo pela tentativa de impor uma certa cultura que não é de forma alguma dominante na nossa sociedade, deixando desse modo aos intolerantes um caminho ao outro extremo, e ao mesmo tempo também a perca de identidade ou forma de vida que essa ou outra orientação sexual tenta fazer feliz essa pessoa que até nem tem nada a ver com isso e quer apenas viver normalmente como qualquer outra pessoa e ser feliz como qualquer outra, agora não me queiram é impor esse tipo de cultura seja ela de que forma for, isso não poderei aceitar por mais liberal que possa ser, cada um deve ser o que quer mas no seu canto e na sua intimidade, e ninguém nem eu tenho nada a ver com isso. Bem existem tantos outros exemplos que nem é melhor dizer, fica para outra altura, portem-se bem… bla bla bla…

 

Nada muda com um não,

sem quebrar a razão também,

sigo passos de hesitação,

não existe essa miragem.

 

Existe uma razão oposta,

ideias e ideais em conflito,

mensagem sem mar nem costa,

sempre uma razão para delito.

 

A luta continua sem fim,

entre paredes e montanhas,

sem tempos e sem confim,

caminhos e paragens estranhas.

 

Dentro e fora dos porquês,

das respostas sem perguntas,

do outro lado do que não vês,

das palavras que não juntas.

 

Da existência do mal ao bem,

aparente moral ao imoral,

da liberdade que proíbem,

e tudo é um ciclo imortal.
Sinto-me: Liberal
Música: Pink Floyd - The Wall
Por Pulse às 12:21
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Passageiros



ON-LINE




Current Moon Phase
CURRENT MOON PHASE

*As Minhas Fotos:

Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001eayf

Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001gex5

Sé de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001fgy7

Ponte Arrabalde da Ponte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002a74c

Ponte Leiria Euro 2004
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002bt3r

Igreja São Francisco
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000276z8

Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00029w7p

Fonte das 3 Bicas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002832x

Estação CP Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002692y

Escola Secundária de Domingos Sequeira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002xhcx

Nascente do Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002wh5s

Muralhas do Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002yr27

O Rio da Minha Cidade
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002t3b5

Antiguidades no Estaleiro da JAE
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002r4c1

Avião no Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002s2cy

Vista Geral sobre Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001hc9e

Mosteiro da Batalha
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00025cxe

Estátua Equestre de D. Nuno Álvares Pereira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00047cya

Câmara Municipal de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00041xr6

Estátua de D. João III
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00042ghc

Lyceu de Rodrigues Lobo
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00045d99

Nazaré
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00048k2s

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000449hh

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0005ze92

Igreja N. S. Encarnação
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000431zh

Igreja N. S. do Monte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007e7x0

Mosteiro de Alcobaça
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000790w5

Óbidos
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007dwk3

Castelo de Almourol
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007br5f

Aveiro
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007aq9g

Curiosidades de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007c8ax

Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00046bzx

Rio Lis (Cortes-Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007wq17

Rio Lis (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007y40g

São Martinho do Porto
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007tryd

Berlengas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007xq26

Castelo de São Jorge (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000823wa

Rio Tejo (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00083bcr

Ribeira (Porto)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00084kf2

Convento de Cristo (Tomar)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00085pb4



Google

*Pulsar na Net

blogs SAPO
RSS