"A Única coisa necessária para o mal triunfar é que os homens bons não façam nada." (Edmund Burke)

Ecos...


Frequências...


Frequências de AMOR...

*Pulsares Recentes:

* Levar

* Respira

* Páscoa

* Hóspede não convidado...

* Remar, Remar...

* Forte

* 90 Metros (Uma Historia d...

* Canção da Terra

* Perseguindo Carros

* Palavras

* Dilúvio

* ANJO

* Lamento Recente

* O Homem Invisível

* Começar!

* O Templo

* A música que merecemos...

* DOMINGO SANGRENTO DOMINGO

* Li

* As Pessoas são Estranhas

* INICIAR

* DESORDEM

* Navegue ...

* Estranho

* Não Existo…

* LUKA

* África...

* O PRIMEIRO DIA

* Tu tens um amigo...

* Um

*Pulsares Remotos:

* Julho 2009

* Abril 2009

* Março 2009

* Outubro 2008

* Agosto 2008

* Julho 2008

* Junho 2008

* Maio 2008

* Abril 2008

* Março 2008

* Fevereiro 2008

* Janeiro 2008

* Dezembro 2007

* Novembro 2007

* Outubro 2007

* Setembro 2007

* Agosto 2007

* Julho 2007

* Junho 2007

* Maio 2007

* Abril 2007

* Março 2007

* Fevereiro 2007

* Janeiro 2007

* Dezembro 2006

* Novembro 2006

*Raios de:

*Os Meus Preferidos


Firefox 2


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004csxg


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004g81t


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004d61q


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004ee8g


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0004f502


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007z64z


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00080g5c


http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000810a3


Sábado, 12 de Maio de 2007

Carta para a um pequeno Pulsar de nome Madeleine


Queria-te escrever um poema, pequena Maddy, queria escrever um poema em que todos as pequenas Maddy’s e os pequenos Maddy’s pelo mundo fora coubessem nele, talvez não seja digno de tal proeza, porque a tu alma de criança a tua pureza de criança ainda são de anjo e os anjos perdem a sua inocência quando voltam à terra, quando cada pulsar liberta a sua frequência ou simplesmente porque não sou poeta de rimas e prosas bem definidas em gramática e técnicas de escrita, mas pouco importa, afinal é para um anjo este poema. Sabes pequena Maddy tiveste sorte em nascer na parte do mundo mais a norte, num país chamado Reino Unido, por esse motivo tiveste o impacto que tiveste, comoveste muita gente deste lado do mundo, partiram todos à tua procura, e ainda bem, mas tiveste um momento em que estavas à mercê dos monstros desta parte do mundo, estavas na hora errada no local errado, um pequeno momento que para sempre mudou a tua vida e das que te amam. Sabes Maddy, quantas anjos como tu existem no mundo e caiem nas mãos desses monstros, são muitos Maddy, são muitos milhões de anjos e aumentam dia para dia, e ninguém faz nada e para os procurar, e os que fazem, pouco conseguem e sabes porquê Maddy, porque simplesmente nasceram do outro lado do mundo, num mundo onde os anjos são assaltados roubados, tirados da sua inocência e entram num mundo humano mais sedo do que o permitido e que quando crescidos dão origem aos mais terríveis desequilíbrios do homem, os que chegam lá, porque muitos anjos padecem pouco de depois de perderem toda a sua inocência todo o seu sentido de vida, de toda a dignidade, perdem tudo, mas te prometo pequena Maddy ganham um lugar no colo de Deus, serão anjos de verdade, porque conheceram a dor antes do tempo, dor essa que purifica e ninguém quer saber, porque nesta parte do mundo ninguém quer sofrer, ninguém quer perder o seu bem-estar, ninguém quer saber até que um deles seja atingido, e tu és pequena Maddy um mártir que talvez daqui a uns anos ninguém se lembre ou simplesmente te vá catalogar como um simples desaparecimento, sabes pequena Maddy, este lado do mundo fabrica os monstros que te apanharam, este lado do mundo vive muito ocupado, é um mundo muito egoísta, muito só, onde as pessoas pensam que está tudo bem, quando está tudo mal, este lado do mundo com toda a sua exuberância, fartura, luxos, com tanto poder continua todo ele a depender do outro lado do mundo onde pessoas são exploradas, esventradas, escravizadas e tudo quanto possas imaginar, fabricamos nós os do norte todos esses monstros de explosivos na cintura, de desesperos pelo oceano em busca da terra prometida, é este o teu lado o lado do norte que fabrica demónios que dominam a terra e matam anjos todos os dias como tu e para manterem o seu status, para satisfazerem os seus desejos mais perversos, esventram anjos do outro lado mais a sul, e ninguém se importa, e os que se importam são ainda muito poucos, porque muitos do lado de cá do norte armam-se em santos, imaculados, pacificadores, moralistas, mas na verdade pequena Maddy são umas bestas, é pequena Maddy, eu tenho vergonha de pertencer a este mundo, a uma espécie chamada de humana, que se entretêm em fazer grandes discursos, tratados, coligações partidos e em democracia ou em ditadura, que se entretêm em discutir o norte e o sul, a esquerda e a direita, a democracia e a ditadura, a globalização ou a inclusão, o separatismo ou o terrorismo, e depois vêm alguns desses monstros por nós fabricados com um cinto em seu redor pensando ganhar o paraíso, na verdade pequena Maddy só anjos como tu o ganham, eu como pertenço a este lado do norte espera-me o inferno ou a sentença de Deus, que importa pequena Maddy, desejo tanto que apareças, como desejaria que todos os anjos desaparecidos aparecessem em forma de exercito de amor, mas tudo isso é utópico porque nos homens em que todo o poder do mundo reside, neles existe muito pouco amor e muito egoísmo e do lado do sul muito ódio e violência, esta é a realidade que os optimistas insistem em esconder porque é fácil ser optimista no lado norte enquanto o sul sustenta o norte. Aparece pequena Maddy, vem de novo, vem para calar a boca dos hipócritas dos poderosos, vem, mesmo marcada vem, porque és um anjo um anjo do céu um anjo de Deus, vem Madeleine… vem…
Sinto-me: Escravo do Norte
Música: Soul Asylum - Runaway Train
Por Pulse às 16:58
Link do Post | | Adicionar aos Favoritos

Eclipse...



Sou o teu e o meu convidado Indesejado...

*Mais sobre um Pulsar


Correio de Frequências

*Procurar um Pulsar

 

*Julho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
26
27
28
29
30
31

*Passageiros



ON-LINE




Current Moon Phase
CURRENT MOON PHASE

*As Minhas Fotos:

Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001eayf

Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001gex5

Sé de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001fgy7

Ponte Arrabalde da Ponte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002a74c

Ponte Leiria Euro 2004
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002bt3r

Igreja São Francisco
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000276z8

Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00029w7p

Fonte das 3 Bicas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002832x

Estação CP Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002692y

Escola Secundária de Domingos Sequeira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002xhcx

Nascente do Rio Lis
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002wh5s

Muralhas do Castelo de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002yr27

O Rio da Minha Cidade
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002t3b5

Antiguidades no Estaleiro da JAE
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002r4c1

Avião no Parque Ten. Cor. Jaime F. da Fonseca
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0002s2cy

Vista Geral sobre Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0001hc9e

Mosteiro da Batalha
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00025cxe

Estátua Equestre de D. Nuno Álvares Pereira
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00047cya

Câmara Municipal de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00041xr6

Estátua de D. João III
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00042ghc

Lyceu de Rodrigues Lobo
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00045d99

Nazaré
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00048k2s

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000449hh

Leiria à Noite
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0005ze92

Igreja N. S. Encarnação
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000431zh

Igreja N. S. do Monte
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007e7x0

Mosteiro de Alcobaça
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000790w5

Óbidos
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007dwk3

Castelo de Almourol
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007br5f

Aveiro
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007aq9g

Curiosidades de Leiria
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007c8ax

Monumento aos Mortos da Grande Guerra (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00046bzx

Rio Lis (Cortes-Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007wq17

Rio Lis (Leiria)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007y40g

São Martinho do Porto
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007tryd

Berlengas
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/0007xq26

Castelo de São Jorge (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/000823wa

Rio Tejo (Lisboa)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00083bcr

Ribeira (Porto)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00084kf2

Convento de Cristo (Tomar)
http://fotos.sapo.pt/pulse/pic/00085pb4



Google

*Pulsar na Net

blogs SAPO
RSS